Polícia Militar e Prefeitura realizam a formatura da 1ª Turma do Projeto Patrulha Mirim de Figueirão

Na terça-feira (05), no Ginásio de Esportes, foi realizada pela Polícia Militar junto com a Prefeitura Municipal, a formatura da 1ª Turma do Projeto Patrulha Mirim de Figueirão, onde se formaram 30 alunos, após seis meses de curso intensivo.

A abertura da cerimônia foi realizada pela Banda Municipal de Percussão de Figueirão, sob a regência de Jairo Ramos e a seguir entraram no recinto os formandos para fazer o juramento. Depois da entrega pelas autoridades dos Certificados de Conclusão do Curso aos formandos Gabriel Lima Santana – 3º colocado, Yasmin Vitória de Castro – 2ª colocada e Juliana Souza Malaquias – 1ª colocada, os pais e padrinhos entregaram a seus filhos e afilhados o Certificado.

Presentes da Polícia Militar o Tenente-Coronel Marcos do Nascimento Silva, Comandante da 4ª Companhia Independente de Polícia Militar, sediada em Chapadão do Sul; Sub-Tenente Fátima Inês Rodrigues de Brito, Coordenadora Estadual do Projeto Patrulha Mirim; Sargento Hernandes Carmo Ribeiro, Comandante do 3º Grupamento de Polícia Militar de Figueirão; Soldado Joyce Barreto, Coordenadora e Instrutora do Projeto Patrulha Mirim em Figueirão; e Sargento Ataliba e Soldado Brizola.

Também presentes autoridades políticas locais, como o Prefeito de Figueirão, Rogério Rosalin; Vice-Prefeito de Figueirão, Fernando Barbosa Martins; Primeira-dama Graciela Rosalin; Pároco de Figueirão, Padre João Alves de Oliveira; Dr. Gilson Trindade, Procurador-Jurídico do Município; Beugmar Ferreira, Secretário Municipal de Assistência Social; Patrik Talhina do Amaral, Secretário Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Turismo; Karina Barbosa, Secretária Municipal de Gestão e Desenvolvimento; Marcilei Bercó, Diretora da Escola Estadual; Andréia Furtado, Diretora da Escola Municipal; Ordilei Furtado Medeiros, Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais; Cleverson de Souza, Diretor do Hospital Municipal; as Conselheiras Tutelares Delza, Ideildes, Etiana, Rejane e Rose; os vereadores Antonio Nabhan, Tiago de Souza (Pernambuco), Edegar de Lima, Marcelo Martins, as vereadoras Paullyany Amorim, Luciene Teodoro e Flávia Bravo, entre outros.

A cerimônia teve a participação do Prefeito de Alcinópolis, Dalmy Crisóstomo da Silva com a primeira-dama Ana, e do vereador Marco Antonio (Marcão).

Durante sua fala, o prefeito de Figueirão, Rogério Rosalin agradeceu a todos  os presentes e em especial ao Comandante da 4ª Companhia Independente de Polícia Militar, Tenente-Coronel Marcos do Nascimento Silva, à Sub-Tenente Fátima Inês Rodrigues de Brito, Coordenadora Estadual do Projeto Patrulha Mirim; ao Sargento Hernandes Carmo Ribeiro, Comandante do 3º Grupamento de Polícia Militar de Figueirão; e à Soldado Joyce Barreto, Coordenadora e Instrutora do Projeto Patrulha Mirim em Figueirão.

“Quando minha esposa Graciela me falou desse projeto e me disse que iria tentar viabilizá-lo em Figueirão, eu não imaginava nem conseguia mensurar sua enorme importância para nossa sociedade, cujo resultado estamos vendo agora. O Projeto Patrulha Mirim hoje é realidade em Figueirão, e tem como finalidade abrir novos horizontes à crianças e adolescentes, resgatando a cidadania, a dignidade humana, a valorização da família, o civismo, encorajando e estimulando-os para a vida harmoniosa em sociedade”, disse o prefeito.

Depois da cerimônia, todos os presentes se dirigiram ao Salão Paroquial, onde houve uma grande confraternização, com a realização de várias homenagens, inclusive para a primeira-dama Graciela Rosalin, pelo empenho em trazer para Figueirão o Projeto Patrulha Mirim, quando era Secretária Municipal de Assistência Social.

A Patrulha Mirim é um programa de ação social participativa, cujo maior objetivo é integrar a sociedade e a Polícia Militar de MS, aproximando os jovens e suas famílias, valorizando e difundindo a cultura da paz, o esporte e o lazer.

O projeto tem por objetivo proporcionar aos jovens uma oportunidade de contato com várias áreas do conhecimento, através de lições e instruções que são repassadas utilizando-se da disciplina militar, buscando com isso, afastar esses jovens de oportunidades negativas ao seu desenvolvimento pessoal.

Outra premissa é o estimulo à frequência e permanência na escola, bem como seu bom rendimento escolar. Os integrantes da Patrulha Mirim são instruídos a ficarem longe das drogas e da violência através de aulas e palestras sobre o tema. Também aprendem noções de civismo.

Comentários

Comentários