Policia Militar de Costa Rica prende mulheres que tentavam vender celulares falsos na cidade

Na manhã desta quarta feira, dia 11 de outubro de 2017, funcionários de supermercado localizado na área central de Costa Rica desconfiaram da conduta suspeita de duas mulheres que estavam no interior do estabelecimento oferecendo a venda smartphones.
A Polícia Militar foi acionada e conduziu as suspeitas até a Delegacia de Polícia.
Entrevistadas, as suspeitas negaram estar vendendo celulares produtos de crime, inclusive apresentando cupom fiscal, com o objetivo de dar lastro aos aparelhos.
As diligências de seguimento, realizadas pela Polícia Militar, em conjunto com a Polícia Civil permitiram concluir que as duas pretendiam vender celulares falsificados como se originais fossem e apresentavam o cupom fiscal para ludibriar suas vítimas. Elas ofereciam o aparelho por R$500,00, mas na nota fiscal aparecia R$1.399,00, com o objetivo de atrair suas vítimas.
Ambas foram autuadas em flagrante por descaminho e estelionato na modalidade tentada. Permanecerão presas à disposição da Justiça.
A exitosa ação conjunta (Polícias Militar e Civil) que conseguiu evitar o prejuízo alheio contou com a confiança do cidadão costarriquense em nossas Forças de Segurança.

 

Junto com os celulares, os policiais encontraram 1 pacote de sabonete e dois perfumes masculinos.

Assim, T.S.M, de 19 anos, e S.S.M, de 39 anos, foram autuadas em flagrante pelo crime de estelionato e vão permanecer presas à disposição da Justiça.

Essa operação contou a participação do Sargento Josimar e do Soldado Dionatan da Policia Militar de Costa Rica.

Comentários

Comentários