STF determina afastamento de Aécio Neves e prisão da irmã do senador

A Polícia Federal e o MPF (Ministério Público Federal) cumprem na manhã desta quinta-feira (18) mandados de busca e apreensão na casa do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e um mandado de prisão preventiva contra Andrea Neves, irmã do senador.

Há buscas na casa do senado Aécio Neves no Rio de Janeiro e em Brasília, de Andrea, no Rio, e no Congresso. São cerca de 40 mandados. Informações do Estadão são de que Andrea não foi localizada pela PF e acionará a Interpol, pois tem a informação de que a irmã de Aécio estaria em Londres.

As ordens judiciais são do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal). O STF teria determinado o afastamento de Aécio do mandado.De acordo com o jornal Folha de São Paulo, também são alvos da operação o senador Zezé Perrella (PSDB-MG), deputado Rocha Loures (PMDB-PR) e Altair Alves, braço direito do deputado Eduardo Cunha.

As informações preliminares são de que os mandados são para citados na delação do empresário Joesley Batista, da JBS. Os donos da JBS gravaram conversa com o presidente no dia 7 de março com vistas a uma delação premiada. O Planalto negou em nota a informação.

Comentários

Comentários