Costa Rica implanta Projeto Florestinha, inscrições abertas até dia 30 de maio

Com a intenção de estimular a conscientização de crianças e adolescentes sobre a importância de manter o meio ambiente ecologicamente equilibrado, O Município de Costa Rica – MS por meio da Secretaria de Assistência Social em parceria com o Programa Energia Social para a Sustentabilidade Local da Odebrecht Agroindustrial e a PMA – Polícia Militar Ambiental – implanta na cidade o Projeto Florestinha.
A implantação já foi amplamente discutida e explanada em reuniões com a Comissão Temática de Saúde, Segurança e Proteção Ambiental do Programa Energia Social. O prefeito Waldeli dos Santos Rosa ressaltou a importância de projetos como estes, que buscam despontar o potencial, dar possibilidades e oportunidades as crianças.
Podem participar do projeto meninos e meninas com idade entre 06 a 12 anos. As aulas e atividades serão ministradas por policiais Militares Ambientais. “O Projeto Florestinha tem como objetivo capacitar crianças e adolescentes como multiplicadores ambientais por meio de conceitos de hierarquia, disciplina, cidadania e patriotismo formando uma patrulha ambiental mirim”, esclarece o secretário Municipal de Assistência Social Waldomiro Bocalan ‘Biri’.
As inscrições para o ingresso no Projeto Florestinha são gratuitas e podem ser feitas até o dia 30 de maio (sábado) na sede do CRAS – Centro de Referência em Assistência Social – localizado na localizado na Rua José Pereira da Silva, N°. 603, Centro de Costa Rica (em frente à emissora da emissora RCR Band). Mais informações no telefone (67) 3247 7089 e/ou 3247 7096.
As crianças e adolescentes que ingressarem no projeto vão utilizar um fardamento similar ao da PMA “inclusive eles serão indicados às promoções com graduações por merecimento e por tempo de Projeto, como acontece na carreira militar”, acrescenta a assistente Social Luana Oliveira da Silva.

Escrito por 

Comentários

Comentários